Meditação ajuda a manter a saúde mental e auxilia no aprendizado

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil está vivendo uma epidemia de ansiedade. Cerca de 18,6 milhões de pessoas apresentam o transtorno, o que representa 9,3% da população. O atual cenário de isolamento social para conter a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) indica que esse número pode aumentar ainda mais. Mas a prática da meditação pode contribuir para reverter esse quadro.

Já está comprovado que, além de manter a saúde mental, a meditação auxilia no processo de ensino e aprendizagem. Inclusive, algumas escolas adotam essa prática como ferramenta pedagógica. É o caso do Colégio Marista Ribeirão Preto (SP), que desde 2019 desenvolve o Projeto de Intervenção Social (PIS) “Relaxamento: cuidando de si e cultivando bons pensamentos” com estudantes do Ensino Fundamental.

O Colégio Marista Asa Sul, de Brasília (DF), também desenvolve a meditação com seus alunos. Mas você deve estar se perguntando: “o que devo fazer para começar a meditar?” O coordenador do Núcleo de Atividades Complementares (NAC) do Colégio Marista Asa Sul, Diego Andrade, preparou algumas dicas fáceis e práticas para você começar a praticar a meditação.

1.      Escolha um horário para meditar;

2.      Reserve um local específico para a meditação;

3.      Vista roupas confortáveis;

4.      Sente em posição confortável (no chão ou em uma cadeira, se preferir);

5.      Deixe a coluna reta, mas não rígida;

6.      Feche os olhos e respire lenta e profundamente;

7.      Desligue-se do mundo externo, até que os sons ao redor se tornem imperceptíveis;

8.     Comece o exercício com 10 minutos e vá aumentando aos poucos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *